28 Jul 2020
5 perguntas para: Maria Oldham, CEO da iZettle no Brasil
Maria Oldham, CEO da iZettle, uma fintech de meios de pagamentos que integra o PayPal no Brasil, fala sobre Pequenos Gigantes, o marketplace reúne comércios e serviços regionais em um só local, com o objetivo de fomentar as PMEs.
Queremos fomentar a rede de comércios, aumentando a visibilidade desses negócios. Clientes e não clientes iZettle podem inserir o próprio perfil no Pequenos Gigantes, que cria uma espécie de vitrine personalizada por região. O usuário visualiza as opções de acordo com a localização, podendo entrar no comércio escolhido para finalizar a compra.

Qual é a missão do Pequenos Gigantes?

A iZettle tem como objetivo ajudar as pequenas empresas, tanto agora na pandemia, quanto em tempos melhores. E o Pequenos Gigantes é mais um dos nossos esforços para apoiar os pequenos neste momento desafiador e sem precedentes que vivemos. Com o projeto, visamos fomentar a compra e venda de produtos locais nos bairros, estimulando o comércio local entre as comunidades. Assim, promovemos oportunidades para um impacto positivo na renda dos empreendedores mais afetados pelo isolamento social.  

Como o projeto funciona na prática?

Queremos fomentar a rede de comércios, aumentando a visibilidade desses negócios. Clientes e não clientes iZettle podem inserir o próprio perfil no Pequenos Gigantes, que cria uma espécie de vitrine personalizada por região. O usuário visualiza as opções de acordo com a localização, podendo entrar no comércio escolhido para finalizar a compra.

Quais são os benefícios os empresários que recebem ao participar do Pequenos Gigantes?

O Pequenos Gigantes conecta os empresários a potenciais novos clientes, e atua como facilitador de prospecção de clientela, uma prioridade e um dos principais desafios, daqueles negócios que antes operavam com lojas físicas, e hoje estão tendo que se reinventar para superar os obstáculos causados pela Covid-19. Além disso, cada comércio pode criar seu e-commerce no site do Pequenos Gigantes da maneira que funcione melhor para seu negócio. Por exemplo, cada empreendedor decidirá qual meio de pagamento que usará, entre boleto, cartão de crédito ou débito. Além disso, terá a opção de deixar seu número de telefone, email ou WhatsAppp na plataforma, para que possa atender diretamente seus clientes.

Como os pequenos empresários ainda desbancarizados no País podem fazer parte do programa? A iZettle possui alguma estratégia para atrair esse público?

iZettle está muito comprometida com a democratização financeira, que é uma peça fundamental para o desenvolvimento dos pequenos comerciantes, e sempre estamos trabalhando para gerar soluções rápidas e adaptadas as necessidades desses comerciantes.  

Na iZettle sabemos a importância que o acesso ao crédito representa para as pequenas empresas. Menos de 8% do crédito liberado pelo Banco Central na pandemia foi para eles, enquanto as grandes corporações concentram a maior fatia do bolo (57%). Por isso, e em parceria com outras empresas, oferecemos empréstimos para PMEs, de forma pensada, personalizada e justa.

Além disso, também pensamos na relevância de conhecer o mercado, saber atuar e tomar decisões para crescer. Com iZettle Educa, contribuímos para que isso seja possível, por meio de iniciativas educacionais que auxiliam os empreendedores no gerenciamento do negócio durante a crise, e que incluem um curso online sobre como adaptar a gestão de um negócio online com mentoria para quem finaliza o curso.

Finalmente, é bom destacar um benefício que passou a fazer parte da rede da iZettle em 17 de abril deste ano: a redução de dois para um dia útil o prazo de pagamento do cliente. Isso significa uma antecipação no recebimento sem nenhum tipo de custo extra, e é válido para todos os usuários da máquina, de forma automática.

Depois da pandemia os empresários vão poder seguir beneficiando-se do programa Pequenos Gigantes?

É uma medida permanente, não vai durar só durante a pandemia. Os pequenos negócios são o coração e a alma da comunidade local e não precisam de apoio só hoje ou amanhã, mas pelos próximos anos, e quanto mais empresas de todos os setores investirem em apoiar esses empreendedores, melhor.

Qual é a missão do Pequenos Gigantes?

A iZettle tem como objetivo ajudar as pequenas empresas, tanto agora na pandemia, quanto em tempos melhores. E o Pequenos Gigantes é mais um dos nossos esforços para apoiar os pequenos neste momento desafiador e sem precedentes que vivemos. Com o projeto, visamos fomentar a compra e venda de produtos locais nos bairros, estimulando o comércio local entre as comunidades. Assim, promovemos oportunidades para um impacto positivo na renda dos empreendedores mais afetados pelo isolamento social.  

Como o projeto funciona na prática?

Queremos fomentar a rede de comércios, aumentando a visibilidade desses negócios. Clientes e não clientes iZettle podem inserir o próprio perfil no Pequenos Gigantes, que cria uma espécie de vitrine personalizada por região. O usuário visualiza as opções de acordo com a localização, podendo entrar no comércio escolhido para finalizar a compra.

Quais são os benefícios os empresários que recebem ao participar do Pequenos Gigantes?

O Pequenos Gigantes conecta os empresários a potenciais novos clientes, e atua como facilitador de prospecção de clientela, uma prioridade e um dos principais desafios, daqueles negócios que antes operavam com lojas físicas, e hoje estão tendo que se reinventar para superar os obstáculos causados pela Covid-19. Além disso, cada comércio pode criar seu e-commerce no site do Pequenos Gigantes da maneira que funcione melhor para seu negócio. Por exemplo, cada empreendedor decidirá qual meio de pagamento que usará, entre boleto, cartão de crédito ou débito. Além disso, terá a opção de deixar seu número de telefone, email ou WhatsAppp na plataforma, para que possa atender diretamente seus clientes.

Como os pequenos empresários ainda desbancarizados no País podem fazer parte do programa? A iZettle possui alguma estratégia para atrair esse público?

iZettle está muito comprometida com a democratização financeira, que é uma peça fundamental para o desenvolvimento dos pequenos comerciantes, e sempre estamos trabalhando para gerar soluções rápidas e adaptadas as necessidades desses comerciantes.  

Na iZettle sabemos a importância que o acesso ao crédito representa para as pequenas empresas. Menos de 8% do crédito liberado pelo Banco Central na pandemia foi para eles, enquanto as grandes corporações concentram a maior fatia do bolo (57%). Por isso, e em parceria com outras empresas, oferecemos empréstimos para PMEs, de forma pensada, personalizada e justa.

Além disso, também pensamos na relevância de conhecer o mercado, saber atuar e tomar decisões para crescer. Com iZettle Educa, contribuímos para que isso seja possível, por meio de iniciativas educacionais que auxiliam os empreendedores no gerenciamento do negócio durante a crise, e que incluem um curso online sobre como adaptar a gestão de um negócio online com mentoria para quem finaliza o curso.

Finalmente, é bom destacar um benefício que passou a fazer parte da rede da iZettle em 17 de abril deste ano: a redução de dois para um dia útil o prazo de pagamento do cliente. Isso significa uma antecipação no recebimento sem nenhum tipo de custo extra, e é válido para todos os usuários da máquina, de forma automática.

Depois da pandemia os empresários vão poder seguir beneficiando-se do programa Pequenos Gigantes?

É uma medida permanente, não vai durar só durante a pandemia. Os pequenos negócios são o coração e a alma da comunidade local e não precisam de apoio só hoje ou amanhã, mas pelos próximos anos, e quanto mais empresas de todos os setores investirem em apoiar esses empreendedores, melhor.

 

Media Room