Os novos hábitos de uma geração mais experiente
02 Mai 2022
Saiba como a Geração X se comporta em compras online
Leonardo Sertã, Head de Desenvolvimento de Mercados do PayPal

Lançamento de clássicos do cinema, como ET, Star Wars e Dirty Dancing, a ascensão da cultura hip hop e suas vertentes (rap, breakdance e grafite), a última aparição do cometa Halley, Margareth Thatcher como Primeira-Ministra Britânica. Temos a sensação de que o tempo está passando mais depressa e que tudo isso aconteceu “ontem”, mas a verdade é que a Geração X acompanhou, ainda na juventude, todos esses acontecimentos. Esse grupo, que já se enquadra nos “45+”, traz consigo uma contradição: ser levemente resistente a mudanças, ao passo que também dá valor à liberdade e é adepto do mundo online, de acordo com estudo da Adventures.

A faixa engloba a população economicamente ativa, sendo, em sua maioria, provedores, e conta com uma rotina corrida. Assim, podemos dizer que é um grupo que busca praticidade, sem abrir mão de segurança. Eles querem resolver problemas, não criar outros. E, com a chegada da pandemia de Covid-19 - tema já excessivamente discutido, mas que não pode ser ignorado nessa conversa-, essa praticidade almejada veio ao encontro do crescimento das compras online.

De acordo com o estudo “Consumo Online no Brasil”, realizado pelo PayPal em novembro de 2021, 82,8% dos entrevistados da Geração X relataram que suas compras online aumentaram desde março de 2020, e a porcentagem que pretende diminuir gastos online no pós-pandemia foi a menor entre todos os grupos pesquisados, somente 24%. O índice ficou abaixo dos nativos digitais de 18 a 24 anos, entre os quais 1 em cada 3 pretende reduzir compras online no pós-pandemia (35,2%).

Os “45+” ainda ficaram à frente da Geração Z quando afirmaram: “Eu compro e pago sempre que posso online/em apps”. Para se ter ideia, 55,7% deles disseram se considerar especialistas nisso.

Ao longo dos anos, estudos do PayPal mostram que o consumidor brasileiro demonstra entusiasmo por um futuro livre do uso de dinheiro físico para pagamentos. Porém, pudemos constatar que as carteiras digitais fazem parte significativa da rotina da faixa “45+”. Eles apontam a escolha por esse meio de pagamento por conta da segurança e garantias contra roubo e fraude (42,7%), além de um melhor controle das finanças e despesas (22,5%) e ainda devido à rapidez, facilidade e comodidade (19,1%) que a ferramenta oferece. Este também  que é um dos grupos que mais utiliza PayPal, seguido pelos jovens adultos de 18 a 24 anos - 71% e 68% deles adotam PayPal como carteira digital, respectivamente.

Considerando que a Geração X representará 18% da população global em 2022, de acordo com “Top 10 Global Consumer Trends 2022”, da Euromonitor International, e o fato de que 98,4% admitem gostar da experiência de compras online, estamos diante de uma grande oportunidade de negócios.

Em linha com as aspirações desse grupo, segmentos que trabalham com delivery de produtos, serviços à domicílio que facilitem a vida, e entretenimento tem uma boa chance de conquistar adeptos entre os 45+. Ou seja, tudo que possibilite usufruir da liberdade que essa geração tanto valoriza. O seu negócio conversa com esse público?

Mantenha-se atualizado

Inscreva-se para receber as últimas notícias no seu e-mail.

Inscreva-se