Pesquisa Ipsos: consumidor compra mais quando PayPal é opção
Os consumidores estão mais dispostos a comprar em situações novas ou desconhecidas – como entre fronteiras (cross border), via dispositivos móveis, de marcas desconhecidas ou itens mais caros – se a loja online aceitar PayPal. Esta é uma das principais conclusões a que chegou uma nova pesquisa da Ipsos, encomendada pelo PayPal, e que ouviu clientes e não clientes da plataforma em sete países.
 
Foram 10.500 pessoas questionadas nos EUA, Reino Unido, Alemanha, Austrália, Itália, Espanha e Brasil (incluindo 6.930 clientes do PayPal).
 
No Brasil, o estudo concluiu que, quando o PayPal está na lista de opções de checkout da loja online, isso representa um aumento médio de 32% na disposição de comprar – independentemente de o usuário ser ou não cliente do PayPal.
 
Entre os clientes brasileiros da plataforma que responderam à pesquisa, o item em que mais a presença do PayPal faz diferença na hora de fechar o pedidoé “Compras via dispositivos móveis”, com 58% (quando a opção PayPal não está presente, essa porcentagem cai para 40%).
 
Na sequência vêm “Compras cross border”, com 54% (são 35% quando o PayPal não é opção); “Compras de produtos de alto valor (US$ 200 ou mais)”, com 52% (são 34% quando o PayPal não é opção); e “Compras em sites (ou de marcas) desconhecidos”, com 36% (são somente 19% quando o PayPal não é opção).
 
Já entre os não clientes do PayPal, o item “Compras via dispositivos móveis” marcou 47%. Ou seja, se o PayPal estivesse na lista de opções, quase metade deles se sentiria mais disposta a finalizar uma compra por meio do smartphone. Na sequência vêm “Compras cross border”, com 42%; “Compras de produtos de alto valor (US$ 200 ou mais)”, com 41%; e “Compras em sites (ou de marcas) desconhecidos”, com 25%.
 
Do outro lado da balança, a Ipsos traçou o painel de o quanto a disposição dos consumidores online brasileiros cai quando o PayPal não está disponível como forma de pagamento. No caso de sites ou marcas desconhecidos, a ausência do PayPal significa 41 pontos percentuais de perda de disposição em comprar (de 59% que comprariam de marcas conhecidas para 18% que se disporiam a comprar de marcas desconhecidas).
 
Já no quesito compras cross border, o consumidor brasileiro respondeu que o fato de o PayPal não ser opção de pagamento online representa perda de confiança/disposição de 14 pontos percentuais (47% comprariam domesticamente se o PayPal não fosse opção de pagamento, mas somente 33% fariam o mesmo em caso de compras em sites estrangeiros).
 
Praticamente a mesma proporção se percebe no caso de compra de produtos de alto valor (US$ 200 ou mais): quando o PayPal não é opção de pagamento, apenas 33% levariam a compra de produtos mais caros até o fim, contra 46% dos respondentes que afirmam que comprariam produtos de menor valor mesmo se o PayPal não fosse opção de pagamento.
 
Já o equipamento não faz tanta diferença para o consumidor. Se 38% dos brasileiros não deixariam de comprar produtos/serviços online via smartphone se o PayPal não fosse opção de pagamento, outros 41% garantem que continuariam comprando via PC mesmo sem o PayPal como opção.
 
A seguir, alguns pontos de destaque do estudo também em nível mundial:
 
  • Os consumidores dos sete países pesquisados pela Ipsos estão 54% mais dispostos a comprar quando uma loja online aceita PayPal, especialmente em situações desconhecidas.
  • 59% dos usuários pesquisados pela Ipsos nos sete países abandonaram uma transação ao descobrir que o PayPal não era uma opção de pagamento disponível.
  • 25% das pessoas pesquisadas nos sete países abandonaram uma transação porque o provedor de pagamentos preferencial não estava disponível.
  • As empresas podem estabelecer confiança com os consumidores, oferecendo métodos de pagamento preferidos: 44% dos pesquisados nos sete países são mais propensos a confiar e comprar em lojas online de empresas que ofereçam o provedor de pagamento preferencial do cliente e um bom processo de checkout.
 
Nos últimos anos, vimos um aumento dramático no comércio digital em todo o mundo. Os consumidores querem comprar online cada vez mais, mas ainda há uma grande diferença entre o percentual de consumidores que compram online e o percentual de consumidores que realmente pagam online.
 
Embora os consumidores cada vez mais queiram fazer parte da chamada economia digital, eles ainda têm preocupações reais ao comprar online – principalmente sobre compras cross-border, transações via dispositivos móveis, compras de produtos/serviços de alto preço e de marcas/sites desconhecidos. Muitas dessas preocupações dos consumidores são resultado da falta de confiança em comprar online, e isso prejudica particularmente as pequenas empresas/lojas.
 
Por causa dessas preocupações, o abandono do carrinho de compras ainda é um grande problema para empresas de todos os tamanhos. Mas essa é uma questão que o PayPal, como meio de pagamentos de ponta a ponta, vem ajudando muitas empresas a melhorar. Devido à nossa história de 20 anos, nossa marca confiável e as experiências de pagamento seguras e contínuas que habilitamos, os consumidores têm mais probabilidade de comprar de uma empresa quando o PayPal é oferecido como opção de pagamento online.
 
Os consumidores dos sete países pesquisados estão 54% mais dispostos a comprar online quando uma empresa aceita PayPal, especialmente em situações em que eles se deparam com um cenário desconhecido
De acordo com o estudo da Ipsos, os consumidores nos sete países pesquisados têm muito mais probabilidade de comprar de uma empresa/loja online que oferece o PayPal como meio de pagamento. Mesmo quando esse consumidor enfrenta uma situação nova – como quando compra via celular, cross-border, de marcas desconhecidas ou itens mais caros – em média há um aumento de 54% em sua disposição de comprar quando o PayPal está disponível como opção de pagamento.
 
Segundo a pesquisa, lojas online dos sete países pesquisados que têm o PayPal como forma de pagamento aumentam a disposição do consumidor em comprar produtos e/ou serviços tanto entre clientes do PayPal quanto entre não clientes do PayPal. Na média, o estudo constatou aumento de 54% na disposição de comprar em todos os mercados quando uma empresa aceita PayPal, mas os líderes desse ranking foram os consumidores da Alemanha (+137%), Austrália (+66%) e Itália (+57%).
 
59% dos usuários do PayPal nos sete países pesquisados abandonaram uma transação porque a plataforma não era uma opção disponível de pagamento online
O estudo também descobriu que, ao comparar cartões de crédito e todas as outras carteiras digitais relevantes, o PayPal é o método de pagamento preferido pelos consumidores. Ao mesmo tempo, 59% das pessoas que usam PayPal disseram já ter abandonado uma transação porque a plataforma não era uma opção disponível de pagamento online.
 
25% das pessoas nos sete países pesquisados abandonaram uma transação porque sua opção de pagamento preferencial não estava disponível
Apresentar uma variedade de opções de pagamento e carteiras digitais também pode turbinar a disposição dos consumidores de comprar online. Por isso o PayPal tem se empenhado tanto em aumentar as opções à disposição de seus clientes. O Checkout do PayPal, com os Smart Payment Buttons, permite uma experiência de checkout que apresenta, dinamicamente, os métodos de pagamento mais relevantes na finalização da compra, sem que os comerciantes precisem confundir suas páginas de checkout com todas as várias opções disponíveis.
 
44% das pessoas nos sete países pesquisados têm maior probabilidade de confiar e fazer compras em lojas online se souberem, de antemão, que sua plataforma de pagamento preferencial é aceita
Por fim, o estudo constatou que, quando os consumidores dos sete países pesquisados sabem, no início de sua jornada de compra, que seu método de pagamento preferido é aceito pela loja online, é mais provável que continuem fazendo compras. E mais: 44% dos consumidores disseram que são mais propensos a fazer compras no site de uma empresa se souberem, de antemão, que sua plataforma de pagamento preferida é aceita pela loja online.
 
Com o PayPal Marketing Solutions e o Smart Incentives, o PayPal ajuda as empresas a informar seus clientes, logo no início de sua jornada de compras, de que poderão usar o PayPal para fazer seu checkout com segurança – ou que poderão fazer um checkout ainda mais rápido com a tecnologia One Touch.

Blog PayPal Brasil 

Mantenha-se atualizado

Inscreva-se para receber as últimas notícias no seu e-mail.

Inscreva-se