Aumenta o potencial PYPL
21 Set 2015
Dan Schulman, CEO PayPal
 
Em 1998, um pequeno grupo de visionários da área de tecnologia e negócios lançou uma nova empresa para desencadear o poder da computação e o potencial da internet, a fim de simplificar a forma como os pagamentos fluem entre as pessoas e através de toda a economia global.
 
Essa empresa veio a ser conhecida por PayPal.
 
Em 2002, nos unimos ao eBay para nos tornar parte integrante de um dos maiores mercados online do mundo. Desde então, possibilitamos que milhões de pessoas pudessem lançar novos negócios, processamos quase 18 bilhões de transações e mais de US$1 trilhão em pagamentos. Nós crescemos a ponto de servir 165 milhões de consumidores em cerca de 200 países. E hoje somos a plataforma de pagamento móvel líder mundial.
 
Sinto-me honrado e emocionado com o fato do PayPal ter retornado às suas raízes, como uma empresa independente. No segundo semestre de 2015, voltamos a ser negociados publicamente na NASDAQ com nosso símbolo original de cotação da bolsa: o PYPL. Este é um símbolo que significa muito para a empresa, pois representa nosso compromisso inquebrável com o espírito da visão original que provocou o lançamento do PayPal há 17 anos.
 
Tem sido uma jornada extraordinária desde então. E hoje, o potencial de fazer os pagamentos fluírem, da melhor maneira para as pessoas, nunca foi tão grande.
 
Nós estamos, provavelmente, no período de maior mudança e transformação na história dos serviços financeiros. Tudo sobre o funcionamento do comércio está em um fluxo – como as pessoas compram; como comerciantes vendem para consumidores; como as pessoas interagem com instituições financeiras e instituições de pagamento. Cada uma dessas coisas está sendo reinventada em uma escala global. Nenhuma empresa está em uma posição melhor para oferecer os benefícios dessa transformação para os consumidores e vendedores – e valor favorável para os acionistas – do que a recém-independente, de capital aberto, PayPal.
 
Nós abrimos este novo capítulo na jornada do PayPal com um conjunto incomparável de ativos e vantagens. Nós somos líderes de mercado em parcerias de confiança com consumidores e vendedores, em gestão de riscos, compliance e atendimento ao cliente; tudo isso através de uma rede única global de dois lados que coloca consumidores e varejistas juntos de um jeito que ninguém mais consegue. Nós conquistamos tudo isso em uma escala global e seria difícil para qualquer outra empresa tentar replicar essas realizações.
 
Indo em frente, nós também temos a intenção de criar um sistema operacional para um mundo no qual todo o comércio existente é o comércio digital. Vamos nos tornar uma parte do cotidiano da vida das pessoas por continuamente oferecer um jeito mais rápido, mais simples e mais seguro de gerenciar, enviar e receber pagamentos. Nós vamos oferecer recursos, serviços e plataformas que são agnósticos a tecnologia e ao pagamento, de modo que as nossas soluções funcionem da maneira com que nossos clientes querem e precisam que funcionem. Nós vamos fornecer ferramentas que permitam aos desenvolvedores e inovadores a construção de aplicativos de última geração e a invenção de novos modelos de negócios. Nós seremos o parceiro que soluciona, no qual os vendedores ao redor do mundo podem confiar enquanto buscam atingir a sua própria visão de sucesso.
 
Conforme demos este passo para nos tornar uma empresa independente de capital aberto sob o símbolo PYPL, mais uma vez estamos orgulhosos de nossa história de inovação e sucesso e estamos otimistas com as possibilidades ilimitadas que temos pela frente. Tem muito mais novidades chegando e continuaremos a informá-los sobre acontecimentos importantes. Estamos ansiosos para continuar a nossa jornada, nos esforçando sempre para cumprir a visão de nossos fundadores: oferecer as pessoas ao redor do mundo uma maneira mais simples para enviar e receber pagamentos, melhor que todas as outras já existentes.
 
Queremos agradecer vocês por tornar o futuro possível.

Acesse aqui o histórico de notícias do PayPal. 

 

Mantenha-se atualizado

Inscreva-se para receber as últimas notícias no seu e-mail.

Inscreva-se