Comércio no exterior cresce com a pandemia: 57% dos brasileiros fazem compras online em sites estrangeiros, segundo o Borderless Commerce Report 2021
26 Jul 2021
Informe anual, realizado pelo PayPal, destacou as principais tendências globais no comércio eletrônico em 13 mercados, incluindo o Brasil.
Por PayPal Brasil

Borderless Commerce Report 2021

Neste mês, publicamos o informe anual Borderless Commerce Report 2021, que destaca as tendências globais do comércio eletrônico, os métodos de pagamento mais usados, as principais plataformas de compra e os matizes locais de 13 mercados em nível mundial durante todo o ano passado – incluindo o Brasil.

Sem poder viajar e em busca de boas ofertas, muitos brasileiros fizeram compras de produtos e serviços estrangeiros pela internet. Buscando bons preços, 38% dos brasileiros pesquisados disseram estar mais dispostos a fazer compras internacionais agora do que antes da pandemia – segundo maior aumento entre os 13 mercados pesquisados, atrás somente do México.

Em constante crescimento, o chamado e-commerce cross border instigou os meios de pagamento a oferecerem opções adequadas aos hábitos do brasileiro, como parcelamento, frete grátis e a opção de devolver uma compra sem cobranças adicionais. Cada vez mais brasileiros e brasileiras realizam compras online no exterior e 23% deles/delas usam a carteira do PayPal como método preferido de pagamento, graças à segurança e à proteção ao comprador, revela a pesquisa

“Fomos testemunhas, em nível mundial, de como, durante 2020, as pessoas compraram com maior frequência em sites internacionais, atraídas por preços competitivos e maior diversidade de produtos”, explica Leonardo Sertã, Head de Desenvolvimento de Mercados do PayPal Latam. “Isso porque, comprar em sites estrangeiros tem se tornado cada vez mais fácil e seguro, muito por causa das plataformas de pagamentos digitais, como o PayPal, que melhoram e facilitam a experiência dos usuários.”

A possibilidade de encontrar melhores preços no mercado internacional é uma das principais motivações para 62% dos pesquisados, seguida pela capacidade de encontrar produtos novos e interessantes (32%) e ter acesso a itens que não podem ser encontrados tão facilmente no Brasil (29%).

Para 18% dos brasileiros, o idioma ainda é um fator determinante quando acessam marketplaces internacionais. Questionados, eles responderam que, se o atendimento não estivesse disponível em português, não teriam realizado a compra.

Por outro lado, 40% dos entrevistados pela pesquisa afirmaram que a instabilidade da internet os impediu de realizar pelo menos uma compra no ano passado, e os prazos de entrega podem ser um obstáculo adicional às vendas internacionais.

Para ler e baixar gratuitamente o Borderless Report 2021 do PayPal, clique aqui.

Mantenha-se atualizado

Inscreva-se para receber as últimas notícias no seu e-mail.

Inscreva-se