Confira o terceiro episódio do PayPal Sessions, com Pedro Roveri, da B2Make
02 Set 2021
O vídeo faz parte da série que, além de conhecer o dia a dia dessas pessoas, procura entender um pouco melhor os desafios de ser empreendedor no Brasil e compartilhar histórias inspiradoras.
Por PayPal Brasil

Na terceira edição do PayPal Sessions, série de conversas com empresários e empresárias clientes da nossa plataforma, Thiago Chueiri, Head de Vendas do PayPal Brasil, entrevistou Pedro Roveri, CEO da B2Make, que oferece tecnologias para venda de ingressos, tickets e serviços.

O vídeo faz parte da série que, além de conhecer o dia a dia dessas pessoas, procura entender um pouco melhor os desafios de ser empreendedor no Brasil e compartilhar histórias inspiradoras, principalmente neste momento em que enfrentamos o coronavírus.

A B2Make é uma empresa focada no desenvolvimento de tecnologia para negócios na internet. Ela é prática, simples de usar e vem ajudando muita gente a entrar no ambiente digital – que vem se tornando, a cada dia, mais importante para as pequenas e médias empresas. Com a nova realidade gerada pela pandemia, Pedro nos contou mais sobre sua empresa e como as ferramentas tecnológicas como o PayPal foram chaves para o sucesso mesmo em tempos difíceis.

Confira os principais trechos da conversa:

Pergunta: Como teve a ideia de criar a B2Make e há quanto tempo ela está no mercado?

Resposta: A B2Make foi criada em 2014, a partir de uma agência de marketing digital em que tínhamos um CMS (Content Management System, ou Sistema de Gestão de Conteúdo em português), um framework próprio e, com isso, produzíamos sites para clientes grandes e pequenos. Fizemos isso desde 2009, quando tivemos a ideia de expandir o negócio. Desenvolvemos a partir de 2014, com todo o time trabalhando remotamente, até que, em agosto de 2016, lançamos nossa plataforma. E continuamos tentando inserir pequenas e grandes empresas no mercado digital.

P: São quantos clientes atualmente, Pedro? Houve queda durante a pandemia?

R: Atualmente, temos cerca de 80 clientes na nossa plataforma. O número tem se mantido estável. Somos parceiros exclusivos do PayPal, já tentamos outros meios de pagamento antes, mas, com o PayPal, encontramos o parceiro ideal. Como nossa plataforma é voltada para a venda de serviços, não produtos, em que a grande dificuldade é a logística, nossa plataforma acaba com esses empecilhos. É difícil para as empresas tornar tangível o que a nossa plataforma pode fazer por seus negócios. Por isso, encontramos um pouco de resistência. Mas temos clientes de educação médica, festas, eventos, clínicas de estética, até clientes do setor de cursos de paraquedismo. O mercado de serviços representa 70% do PIB, um grande motor da economia. Tivemos um interesse crescente, em função da pandemia, em educação à distância. Em particular, de profissionais e instituições da área médica, como a Santa Casa de São Paulo, por exemplo. Com esse aprendizado, queremos nos segmentar no futuro, para melhor atender nossos clientes.

P: E como foi que o PayPal entrou na sua vida e na vida da B2Make, Pedro? E o quanto a plataforma ajuda no dia a dia?

R: Desde 2016 utilizamos diversas ferramentas, mas uma em particular nos causou transtornos – tivemos de fazer toda a tradução e criar o processo de checkout transparente. E não nos deram nenhum respaldo ou apoio durante esses processos. Tínhamos o PayPal como uma referência no mercado, mas achávamos que estaria muito acima do nosso nível. Fomos surpreendidos quando entramos em contato e nos receberam de braços abertos.

P.: Que dicas você daria a quem pretende empreender hoje?

R.: Simplifique, foque no seu trabalho, tenha muita resiliência e paixão pelo que faz. E não espere grandes retornos financeiros nos primeiros cinco anos, eles virão depois.

Assista a entrevista completa no nosso canal do YouTube

Mantenha-se atualizado

Inscreva-se para receber as últimas notícias no seu e-mail.

Inscreva-se