Adô Atelier cresce 22% por ano, com cross border e diferenciação
09 Ago 2022

Empresa de acessórios de couro atende consumidores que buscam alta qualidade e design com peças atemporais. Conheça mais uma história do PayPal Sessions

Adô (5) (2)

Por: PayPal Brasil

As crescentes preocupações dos consumidores com sustentabilidade têm puxado a indústria da moda a se reinventar. O fast fashion dá espaço ao slow fashion, com cadeias de produção que valorizam e protegem as comunidades e o meio ambiente, para entregar ao consumidor peças de alta qualidade, que poderão ser usadas por anos e passadas adiante, para uma nova geração ou para um brechó.

Adô (2) (1) (1) (1) (1) (1) (1)
Fernanda Dubal e Tatiana Azzi, sócias da Adô Atelier. Crédito: Cecília Pederzoli

O debate é extremamente atual, mas alguns empreendedores já trabalham com essa proposta de valor. É o caso da marca mineira de acessórios de couro Adô Atelier, que retratamos aqui como parte da nossa série PayPal Sessions. Fernanda Dubal é uma das sócias e relaciona a produção de peças ao aproveitamento de resíduos. “Imagina o tamanho do impacto que a indústria da carne poderia gerar sem a indústria do couro, que é um produto que dura na natureza? A gente já fez produtos com outros materiais. Sabemos que é uma indústria que vai enfrentar desafios, mas, enquanto isso, podemos ir experimentando possibilidades”, explica Fernanda.

Começo digital

O ano era 2008 quando a Adô Atelier nasceu e começou a dar seus primeiros passos rumo ao e-commerce, antes mesmo do início das lojas físicas, que viriam a aparecer somente em 2013. Fernanda e sua sócia, Tatiana Azzi, criaram a loja online da Adô como resultado de parcerias rascunhadas em meados de 2009, quando mal existiam blogueiros: começaram a enviar produtos e, logo depois, surgiram as demandas por e-mail. Assim, o comércio online das peças se estabeleceu.

Hoje, a loja de acessórios de couro, como bolsas, mochilas, porta cartões e pastas, já conta com um centro de distribuição e duas lojas físicas, uma em Belo Horizonte e outra em São Paulo. A dupla de sócias vê o negócio crescer, em média, 22% ao ano. A receita para o sucesso combina a preocupação de oferecer ao mercado um produto diferenciado, o crescimento do varejo físico e o início da exportação.

Processo de exportação

Adô (3) (1)
Sócias da Adô no estoque da empresa. Crédito: Cecília Pederzoli

Com a inflação em alta e o poder de compra do consumidor reduzido, foi preciso pensar em novas soluções. Ao analisarem o mercado, perceberam que há dificuldade em encontrar o tipo de produto que vendem fora do Brasil. “Quando viajamos para fora, percebemos que uma bolsa de couro é muito cara. Para nosso cliente que pode comprar, e ainda com o dólar a favor, acaba sendo muito vantajoso. Se a gente usar de uma comunicação alinhada, com os mesmos canais, vamos ter aberturas e muitas possibilidades”, explica Fernanda.

A exportação, ou venda cross border, da Adô surgiu ao longo de 2021, com infraestrutura VTEX, PayPal e da logtech Shipsmart. “Nunca tivemos a exportação como projeto ou um plano. Mas uma parceira nossa nos deu a ideia. Foi muito fácil, levando em conta a possibilidade de negócio que temos hoje. De local, nacional, passamos a ser globais”, explica Fernanda.

Com seus diferenciais, como cartela de cores que não se limita à estação e personalização do produto com gravação das iniciais do cliente e símbolos de signo, por exemplo, a Adô sentiu que tinha potencial para expandir para o exterior. Além disso, a marca investe em iniciativas com foco em responsabilidade social, como apoio a projetos sociais e coleta de resíduo especial.

“Estamos levando a mesma proposta para fora. Temos nossos valores claros. A ideia é levar tudo o que temos de bom para fora, até as causas sociais que a gente abraça, como defesa e apoio de causas ligadas a mulher como agente de mudança no Brasil”, relata Fernanda.

Futuro

Adô (1) (1) (1)
Loja física da Adô Atelier, em Belo Horizonte (MG). Crédito: Cecília Pederzoli

A Adô não quer parar. Pretende crescer de forma sustentável e expandir internacionalmente, com foco na retenção de cliente, principalmente para Estados Unidos e Europa. Tudo isso traduzindo os valores e a seriedade da empresa, por meio de uma boa comunicação, e entregando qualidade e atendimento de mesmo nível oferecido no Brasil.

“Estamos fazendo mais ações, tentando ativar cashback e abraçar o mercado internacional, ir crescendo aos poucos, onde tiver demanda. Já recebemos estrangeiros nas lojas físicas. Estamos aprendendo com essas possibilidades, nos adaptando”, finaliza.

Acesse aqui a íntegra do Relatório Comércio sem Fronteiras 2022 do PayPal e descubra oportunidades de exportação para 13 mercados internacionais, incluindo Alemanha, EUA, Reino Unido, França, Itália, Canadá, Austrália, Espanha, México, China e Japão.
#SejaGlobalComPayPal #ComercioSemFronteiras

Artigos Relacionados

Acesse aqui o histórico de notícias do PayPal. 

 

Middle block

Descubra de quais maneiras essas ferramentas podem ajudar as empresas a otimizarem as vendas online

13 Set 2022

Empresa de acessórios de couro atende consumidores que buscam alta qualidade e design. Conheça mais uma história do PayPal Sessions

09 Ago 2022

Reunimos um time de especialistas para descomplicar o comércio entre fronteiras neste passo a passo que vai desde o planejamento até a entrega para o país de destino.

04 Ago 2022

Confira algumas dicas de especialistas para saber se faz sentido a sua empresa expandir os negócios para o mercado internacional Por: payPal Brasil Internacionalizar o negócio é um passo...

01 Ago 2022

Empresa brasileira descomplica a logística para o exterior com soluções que agrupam o valor do frete, impostos e taxas alfandegárias

28 Jul 2022

Conversamos com empresários que já internacionalizaram seus e-commerce para saber o que é mais importante levar em conta na hora de começar a exportar Por: PayPal Brasil Cada vez mais, os...

25 Jul 2022

Ampliar os mercados de atuação pode trazer uma série de benefícios e oportunidades para os pequenos e médios empreendedores que procuram intensificar as vendas Por: PayPal Brasil Você já...

21 Jul 2022

Exportação começou durante a pandemia e, hoje, representa 30% do faturamento mensal empresa

18 Jul 2022
Mantenha-se atualizado

Inscreva-se para receber as últimas notícias no seu e-mail.

Inscreva-se